Saturday, July 01, 2006

1. Transpasse



Passei por você
atravessando átomos,
jorro de luz na poeira.
Era um clarão, indícios.
Vagamente vi
nossos milênios.

Ok!
Balancei a cabeça
e nem pensei mais...

1 Comments:

Blogger Madalena Barranco said...

Olá Aguinaldo, poesias breves como um passo de dança, que deixa um rastro de luz em partículas de pó dourado pelo sol; este mesmo pó, mágico, que alimenta a música viva da poesia... Lindo! Beijos.

6:11 AM  

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home