Saturday, July 01, 2006

19. Fim

Só achei a chave
quando já tinha perdido a porta.

O mapa
não era a bússola do futuro,
mas a mandala de rotas esquecidas,
de como encontramos o desencontro.
Era uma chance...
Tentei lhe mostrar,
zanzei por ali...
Nada...



Fiquei eu na intuição
da consciência dos limites.

Tinha na mão a perplexidade
e fiz perder,
noites solteiras,
um sêmen sentido.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home